30.8.13

Hayley fala sobre o VMA, PARAHOY! e da Self-Titled Tour à rádio 98.7 amp

| |

Hayley Williams deu uma entrevista para a radio 98.7 amp e falou sobre seu momento fangirling com a apresentação do N'Sync durante o VMA, deu sua opinião sobre a apresentação da Miley Cyrus e muito mais:

Coop e Gillian: Hayley Williams! (aplausos e gritos)
Hayley: Uau, eu quero acordar assim todo dia.
Coop e Gillian: (risos)

Coop: Perfeito. Como você está?

Hayley: Isso foi ótimo, obrigada. Eu estou bem. Eu acabei de acordar, nós fizemos os últimos arranjos para a turnê européia ontem. Eu dormi pouco.

Coop: Vocês tem muito pela frente, a turnê européia e a turnê norte-americana, que começa no dia 15 de Outubro, em Seattle. E vocês acabaram de anunciar uma “turnê” em um cruzeiro com a Tegan e a Sara. É isso mesmo?

Hayley: Sim, sim.

Coop: Para mim, esse cruzeiro parece um pouco diferente do que vocês já fizeram antes. Por que vocês decidiram fazer isso?

Hayley: Pra falar a verdade, nós tiramos a ideia de uma agência de viagem. Nós vimos no catálogo deles e achamos tão legal e diferente que pensamos, por que não? Nós não achamos que um milhão de pessoas vão ter esse dinheiro pra passar um tempo com a gente…

Coop e Gillian: (risos)

Hayley: …em um barco! E eu sei que outras bandas já fizeram isso e que o Weezer vai fazer um ano que vêm, mas para mim vai ser um jeito bom de nos conectarmos com os fãs, e diferente de tudo o que já fizemos.

Coop: Muito bom.

Hayley: Nós estamos animados, vai ser louco e muito legal.

Gillian: Hayley, eu tenho que ter perguntar… Como uma garota, o que é indispensável quando você está em turnê?

Hayley: Deixe-me ver… Eu tenho que ter todos os meus aparelhos eletrônicos comigo. Não só pra ficarmos em contato com nossas famílias, mas com os nosso fãs. Mas eu também levo pequenas coisas, pra tentar nos fazer sentir o mais em casa e confortáveis possível. Nós ficamos longe de casa por muito tempo, então tem algumas coisas bobas que eu carrego, como máscara facial, e eu sempre tento fazer os garotos passarem em mim, e eu neles…

Coop e Gillian: (risos)
Coop: A sua conta do Twitter diz que você é um membro antigo do fã-clube do ‘N Sync, então eu tenho que perguntar, o que você achou da apresentação/reunião deles no VMA?

Hayley: Pra mim foi uma “mini-reunião”, foi tão rápido.

Coop: Eu concordo.

Hayley: Mas eu fiquei muito agradecida. Minha amiga e eu assistimos juntas, e tiveram alguns gritos envolvidos, e eu quase vomitei, eu estava tão animada. A apresentação do ‘N Sync foi muito rápida, se você piscasse você perdia, mas… A habilidade do Justin Timberlake de cativar e incendiar uma premiação e fazer daquilo seu próprio show, explodiu minha cabeça. Eu acho que ele fez um trabalho maravilhoso com a performance dele. Ele é um ótimo artista.

Gillian: O que você achou da performance da Miley (Cyrus)?

Hayley: Pra mim parece que a maioria das pessoas estão focando no “lixo”, ou na dança, nas roupas. Mas eu, na verdade, estou desconfortável com a parte racial disso. Pra mim é como se ela estivesse pegando uma cultura que não é dela e usando como um acessório, e isso é o que realmente me incomoda mais… Eu sou branca e não sei se é certo eu falar sobre isso, mas… Isso me deixa desconfortável e… Ela é uma garota de 20 anos e ela vai festejar, usar roupas malucas, e eu acho que isso faz parte do crescimento, mas eu acho que talvez alguém devesse ir até ela e explicá-la sobre a questão racial.

Gillian: Você acha que ela pode estar sendo desrespeitosa e talvez até chegando ao limite do racismo com a forma que está agindo?

Hayley: Eu não vou ser a artista que saí por ai jogando acusações de que outros artistas são racistas. Eu não vou fazer isso. Mas eu acho que isso é um pouco insensível e que definitivamente parece que tinham mulheres negras com ela no palco que… Mais pareciam acessórios do que qualquer outra coisa. Eu me senti incomodada com isso.
Eu acho que a Miley é uma garota de 20 anos que vai experimentar, ou tentar experimentar, coisas novas pela primeira vez, e isso inclui festejar e vestir certas coisas que as pessoas não vão se sentir confortáveis sobre, e isso, para mim, é o menor dos males. Essa parte não me incomoda tanto.

Coop: Eu acho que isso foi muito bem colocado. Vamos falar sobre o álbum, do qual pra falar a verdade, eu sou um grande fã. Eu amo o Paramore, amo o seu trabalho e a minha música preferida é Still Into You. E eu fiquei muito feliz quando vocês a lançaram como um single. E para as pessoas que ainda não compraram o álbum, vão e comprem. Por que eles deveriam?

Hayley: Antes de mais nada, obrigada, isso é ótimo. Para mim, particularmente, esse é o momento de mais orgulho que tivemos na banda, porque não escrevemos muitas canções de amor, e essa (Still Into You) é muito feliz e quando você escuta, ela não é melosa, a única música de amor de verdade que nós já escrevemos foi “The Only Exception” e ela vai mais pro lado da balada…
Eu estou muito orgulhosa que de todas as músicas mais “agressivas” que escrevemos, essa (Still Into You) veio muito naturalmente… Ela é tão boa de tocar ao vivo, e a coisa mais emocionante é olhar as pessoas na platéia pulando com essa música, e ela soa muito bem no rádio, toda vez que eu escuto eu piro, eu pulo e danço… Eu estou muito orgulhosa.

Coop: (Still Into You) É uma música fantástica, e o álbum é melhor ainda. Da última vez que vocês estiveram aqui (Detroit), não faz muito tempo, vocês tocaram no Filmore Center e agora vocês vão voltar e tocar no Palace, que é um lugar muito maior. Como o show e a performance mudaram de um lugar menor como o Filmore, para um lugar maior como o Palace of Auburn Hills?

Hayley: Da vez que nós tocamos no Filmore a intenção era mais estar com os fãs, em uma turnê curta, passamos um tempo longe da estrada, e desde lá que estamos planejando essa turnê em larga escala, cidades maiores e locais maiores. E isso é incrivelmente assustador, nós nunca fizemos algo tão grande assim antes, mas é muito bom ver que mesmo depois de 10 anos sendo uma banda nós ainda podemos nos desafiar desse jeito. O show que estamos montando é grande, e eu acho que nossos fãs mais antigos vão ficar impressionados e surpresos e nossos novos fãs vão ficar animados. Eu acho que, como uma banda, nós estamos crescendo e isso é muito, muito bom, e o único jeito de celebrarmos é fazer o melhor e maior que pudermos e festejar com nossos fãs.

Coop: Eu amei. O primeiro passo é comprar o single “Still Into You”, depois comprar o álbum e depois os ingressos para os shows. Hayley Williams do Paramore. Obrigado!

Hayley: Obrigada, obrigada.

Fonte: ParamoreBR

Nenhum comentário :

Postar um comentário